Professor

Fernando Melvin

Rio de Janeiro

Total de Alunos
1000

Avaliações
1000

Professor, ator e diretor teatral

Sobre

Graduado em Artes Dramáticas pela UniverCidade e bacharel em Teatro pela CAL, Fernando Melvin é ator, diretor e professor. Entre 1991 e 2006, foi aluno d’O Tablado, onde se tornou professor assistente em 2004 até virar titular em 2012. Também deu aulas no Grupo Nós do Morro, entre 2008 e 2013, e, desde 2018, leciona no Teatro Escola Rosane Gofman.

Como professor, esteve à frente de produções como O Doente Imaginário (Moliére); Galileu Galilei e  Terror e Miséria do Terceiro Reich (Bertold Brecht); Romeu e Julieta e Sonho de uma noite de verão (William Shakespeare); O Santo e a Porca (Ariano Suassuna); “Dormindo com Bukovski” (inspirado nos contos e poesias Charles Bukowski); Fahrenheit 451 (adaptação do livro de Ray Bradbury) e Uma Breve HIstória Da Humanidade (escrita por alunos, com consultoria de historiadores). 

Ainda como professor, Melvin fez história ao dirigir O Beijo no Asfalto, de Nelson Rodrigues, com sua turma do Teatro O Tablado, em 2014. O resultado foi tão bom que gerou uma crítica espontânea e a peça foi convidada para ser apresentada no Teatro Odyilo Costa, da UERJ. No ano anterior, 2013, com supervisão de Ricardo Kosovski e músicas originais de Pablo Paleólogo, uma peça dirigida por Melvin em 2012, O despertar da Primavera, voltou a ficar em cartaz no teatro O Tablado, também devido ao grande sucesso. 

Em 2015, levou a produção tabladiana Corra Lola Corra para o festival estudantil do CCBB. Em 2011 ele já havia marcado presença no mesmo festival com o grupo Nós do Morro, apresentando o espetáculo Cabaré Filosófico de Domingos de Oliveira.

Seu trabalho de direção foi além das aulas e escolas. Foi diretor assistente da peça A Vida ao Lado, indicada ao prêmio Shell de melhor direção, e também esteve à frente de outras produções, como: Não Tô Entendendo Nada, que recebeu três indicações no FITA; 5 contra nem 1; Clube da Cena; Roda Gigante; Anos 80; e a Peça. Alguns destes espetáculos ficaram por anos em cartaz. 

Entre 2017 e 2018 atuou no espetáculo Eduard Bond Para Tempos Conturbados, dirigido por Eduardo Belmonte, o que lhe rendeu a indicação à categoria de Melhor Ator Coadjuvante pelo prêmio CBTJ. Já atuou em mais de 20 espetáculos, como Superiores, que recebeu indicação ao Prêmio Shell com o Grupo In Animado pela pesquisa de linguagem; Nossa Cidade, com direção de Gilberto Gawronski; No Táxi, dirigido por Cristina Fagundes e O Sol Está Quente E A Água Está Ótima, com direção de Rubens Camelo.

Também trabalhou em novelas, filmes e seriados. Entre seus trabalhos no cinema estão: Matheus, O balconista; O que seria deste mundo sem paixão?; Barra amor/Barra ódio e Happy  Hour. Também atuou em curtas como  “Alvará”, com direção de Pedro von Kruger, e A dama do Estácio, com a atriz Fernanda Montenegro.

“Te convido a conhecer as ferramentas práticas e dramatúrgicas para se desenvolver no ofício do ser ator/atriz” – Fernando Melvin

Meus Cursos

Meus Cursos

Curso Regular de Interpretação

Em seu primeiro ano, as aulas serão ministradas pelo ator e professor Fernando Melvin, com aulas práticas e exercícios de improvisação, corpo, aquecimento mental e jogos dramáticos. No segundo semestre do curso, o aluno terá contato com a dramaturgia propriamente dita e estudará um texto, com o acompanhamento do professor, para fazer uma apresentação gravada.

Curso Regular de Interpretação

VER CURSO